quarta-feira, agosto 17, 2005

Passeios Italianos

I

Firenze.
Águas turvas, quase fétidas, que extraem memórias como gôndolas em tênues e curvos caminhos. Novamente alvenarias, nuas de braços que há muito esperam. Outra vez, outra vez... mudar... outra vez descontinuar.
Indagar, hesitar respostas. Diga-me o que quero que não te ouvirei jamais.
Acusa-me o peito, mãos esgarçam o decote, ansiosas. As pernas que descruzam, incomodadas.
Ontem houve inverno. Hoje, não.
Você saiu e eu ouvi.
Hamlets circundam, famílias que hei de não ter.
Heranças italianas.
Herdar... e deixar de ser a mesma.

Maria Odila

14 Comments:

Blogger Celso said...

Belo passeio. "Hamlets circundam, famílias que hei de não ter...", traduz uma desesperança cheia de paixão, um desalento, que perturbam e encantam neste teu texto, Odila.

Saudações do Cárcere

11:56 AM  
Blogger Manoel Carlos said...

Passeios que vão além de outras paragens, alcançam outros tempos.

2:44 PM  
Anonymous Moacy said...

Maria, Maria: quanto tempo, quantas águas, quantas palavras, quantas viagens... Um beijo.

4:39 PM  
Anonymous dira said...

Uau! que viagem, Di, saio suspirando. Meu beijo. Amei. E to cheia de saudade.

10:49 PM  
Blogger Márcio Hachmann said...

Engraçado, hoje passei o dia pesquisando sobre dialetos italianos e bairros novaiorquinos. Acabei não utilizando nada.

7:15 PM  
Anonymous Lela said...

Intenso! Uma desesperança envolta em esperança... Forte!

10:21 PM  
Anonymous nora borges said...

maria...um dia você vai acordar pelo avesso do avesso do avesso do avesso... e o tempo terá cicratizado suas chagas mais profundas. E então verá quanto mais bonita você ficou.
.....................

Ps: meu e-mail não está lotado! E tua última mensagem foi respondida...
Esta semana tive hóspedes, mas agora tenho 15 dias de tranquila solidão. Mande-me as cópias!

7:55 AM  
Anonymous Anônimo said...

Eu gosto muito de tudo o que vc escreve.
Um beijo.
Alice

www.asmaravilhasdopaisdealice.blogger.com.br

4:43 PM  
Anonymous Friedrich said...

Creio nunca aqui ter estado, mas gostei muito do que li, vou voltar de certeza, aproveito para agradecer as tuas palavras no meu espaço.

Bom fim de semana
Um beijo

11:14 PM  
Blogger Allan Robert P. J. said...

Viagens são como sonhos, onde tudo nos encanta. O segredo é não acordar.
Ciao

11:46 PM  
Blogger António said...

Obrigado pela tua visita ao meu blog e pelas palavras que lá verteste.

Já li coisas tuas muito bonitas e muito bem escritas.
Mas sobretudo compreensíveis.
Estes teus últimos textos são demasiado herméticos e impenetráveis.
Não gosto assim.
Gosto de ler e perceber de imediato o que leio.
Tu sabes fazê-lo.
Porquê complicar?
Porquê desfigurar?

Beijinhos

5:25 AM  
Anonymous Anônimo said...

tenho andado ausente...pouco participativo. mal dos tempos?
saudades - beijo
carlos peres feio

http://podiamsermais.weblog.com.pt/
http://moinhoalto.nafoto.net/
http://peresfeio.multiply.com/

7:40 PM  
Blogger Henrique Luna (Rico) said...

Odila, vim agradecer a visita que me fez por esses dias e fiquei encantado com teu blog. Teu texto poético e franco é muito interessante. Voltarei mais vezes... Beijos

9:32 PM  
Anonymous Zadig said...

Ma chère Maria,
Obrigado por visitar-me. Chego e encontro textos de alto nível.
Fico desejando tomar uma gôndola, um barco, um trem...de memórias.
Suas palavras me incentivam a continuar publicando lá no meu blog.
Abraço fraterno do
BetoQ.

3:11 PM  

Postar um comentário

<< Home

Ou comente aqui: