sexta-feira, setembro 23, 2005

Inventário de quarta

Cansada, às três da madrugada não consigo pensar em mais nada a não ser escalda-pé e massagem.
E dias, dias sem trabalhar. Com pés desdoloridos.
Mas bem antes falhei e dormi.
Dormi para acordar novamente em saltos altos.
Mas de hoje não passou.
Chá para os pés e de erva doce. Não sei bem se é do gosto deles mas para mim foi excepcional... até consegui andar sozinha pro banho...
E voltei pra cama quase arrastada. Incrível que pés doloridos signifiquem tanto.
Durante vinte anos, obedientemente, saltos nos pés, maquiagem e cabelos impecáveis. Um primorzinho de esposa para ser vista e pouco ouvida.
Mas aí veio a vida e estou viúva.
Também estou cuidando de outras como eu, quase 450.
E por isso os sapatos, os sapatos, a saia e os cabelos.
Creio que se chegar de tênis, jamais serei atendida no Tribunal. De calça nem pensar, não chego nem nas escadas.
E no entanto adoro esse meu trabalho, mesmo porque estou criando essa nova assessoria.
Mas não podia ser sem salto?
Seria mais crível... até para os amigos ouvirem minhas histórias.

Maria Odila

8 Comments:

Blogger Ilidio Soares said...

Desabusadamente real. Chega a doer aqui tb. E na medida que funciona, é porque é bom pacas.
beijos
Ilidio

10:46 AM  
Blogger Manoel Carlos said...

Cada um sabe onde, como e quanto o sapato lhe aperta.
Uma coisa não entendi: é para as mulheres irem sem calça se quiserem ser atendidas no Tribunal?
Isto é um escândalo para tomar o espaço do mensalão nas primeiras páginas de jornais!
:0)))

1:55 PM  
Blogger PreDatado said...

Querida Maria, já experimentou havaianas? Estão muito na moda.
Um beijo e as melhoras dos seus pés.

7:13 AM  
Anonymous Maria do Céu said...

Maria, por isso é que não uso salto alto.
Não creio, que não fosse atendida no Tribunal se fosse de ténis.
Foi interessante ler este seu inventário de quarta, um daqueles dias que precisava ter mais horas. Voltarei. Beijinhos.

6:03 AM  
Blogger Celso said...

Concordo com o Ilídio, tão real que chega a doer de belo.

saudações do Cárcere

7:06 PM  
Anonymous marcelo said...

Demorei mas corrigi um erro grave: finalmente linkei o Digressiva lá no Kayuá. Beijão.

11:06 AM  
Anonymous rosangela said...

Também prefiro muuuito mais andar sem salto. Bem que podia mesmo ser, só sem salto. Abraço,

6:33 AM  
Blogger Dayse said...

Fazia tanto tempo que eu não vinha aqui! Acho que andava revoltada porque revelavas pouco de ti (por que será que isso me aborreceu? Não sei, nem tentarei entender). Agora voltei porque és uma delícia de ler. E descobro que te revelas mais.
Tu usas água com sal pra descansar os pés? É a receita da minha mãe, salmoura morna :-)
Boa sorte (felizmente, eu ando de tênis na maior parte do tempo, mas trabalho em casa...)
Beijos e felicidade

10:54 PM  

Postar um comentário

<< Home

Ou comente aqui: